Galgos

afeghan hound

Galgos

Os Galgos pertencem ao grupo 10 segundo a Federação Cinológica Internacional.

A habilidade de algumas raças caninas para I perseguir a caça em corrida levou ao aparecimento de competições de cães realizadas em recintos próprios para o efeito, onde os galgos perseguem uma lebre mecânica perante o olhar de milhares de espectadores. Estas corridas estão muito divulgadas nos Estados Unidos e na Grã Bretanha, nas quais se aposta muito dinheiro. A criação de um cão de corridas é parecida com a dos cavalos, pois desde muito cedo começa-se a preparar um futuro campeão; tenta-se dar uma alimentação equilibrada, sem gorduras nem féculas, mas muito rica em vitaminas e em sais minerais.

Estes cães são escovados diariamente e as suas almofadinhas têm de ser tratadas com um banho de ácido pícrico para serem endurecidas. Devem passear todos os dias e percorrer uma distância que varia entre os três e os dez quilómetros. Este treino deverá ser iniciado aos nove meses e deverá ser concluído por volta do ano e meio.

Secção 1 – Galgos de Pêlo Comprido e Franjeado

Desta secção destacamos o Galgo Afegão -um ‘ dos cães mais antigos do mundo, descoberto pelos britânicos na região de Balk. Como o seu próprio nome indica é procedente do Afeganistão. É uma raça muito alta, pois chega a medir de alçada entre 60 e os 74 centímetros. A sua extraordinária beleza esconde um temperamento firme, uma constituição sólida e um espírito desportivo. Na Europa passou a ser considerado um cão de luxo muito apreciado pela sua estética. Paradoxalmente, no seu país de origem é um caçador de lobos e de cervídeos, guardador de gado e realiza todas as tarefas de um cão de trabalho.

Secção 2 – Galgos de Pêlo Cerdoso
Nesta secção surge-nos o Irish Wolfhound. Sendo um dos cães mais altos, é um cão muito atraente de pêlo duro procedente da Irlanda. A sua história é muito longa e ao mesmo tempo romântica; é um cão extraordinariamente constante e um dos cães mais devotos e de confiança.

Secção 3 – Galgos de Pêlo Curto
Um digno representante desta secção é o Galgo Espanhol uma raça muito utilizada para um cem número de actividades cinegéticas. Os primeiros registos da sua existência são da época da Reconquista.
No entanto, alguns relatos revelaram que o galgo espanhol era um cão muito apreciado já pelos Árabes e pelos Visigodos para a caça à lebre. No início do século passado, a partir de 1912 foi cruzado com o galgo inglês, ganhando -novas características, nomeadamente, a velocidade; perdeu, no entanto, alguma resistência, e correu mesmo o risco de desaparecer. É um cão de caça por excelência, muito utilizado na caça à lebre, em Espanha e também Portugal. Destacamos ainda o Galgo Italiano. É o mais pequeno e simpático dos Galgos.
Originário do Egipto, existem referências à sua existência no ano 3200 a.C. Foi adoptado pelos romanos e, a partir do Renascimento encontrava-se em todas as cortes europeias. Embora na actualidade o seu maior desejo é ser cão de companhia, este cão nem sempre foi considerado uma “pequena figura” de decoração.
Chegou a caçar coelhos nos grandes bosques que circundavam Roma.

Clique em cada uma das raças de Galgos e conheça suas caracteristicas 🙂

Afeghan Hound

Borzoi

Galgo Espanhol

Greyhound

Irish Wolfhound

Pequeno Lebrel Italiano

Saluki

Whippet